Detalhes: Curso Controle da qualidade Microbiológica de produtos Industrializados

Equipe:
Coordenação: Miriam de Faria lemos.

Professores:
Miriam de Faria Lemos
Debora Rodrigues
Rafaela de Carvalho Baptista


Apresentação:

A contaminação microbiana em produtos industrializados pode causar efeitos adversos aos consumidores.

Qualquer produto colocado no mercado não deve causar riscos para a saúde humana. Os resultados para a empresa produtora são sempre desastrosos, com prejuízos enormes com o recolhimento do produto, destinação adequada além do processo de recuperação do nome da empresa.

O controle de contaminações é um tema complexo, que exige do microbiologista, além do conhecimento básico da microbiologia, um olhar meticuloso e técnico a vários aspectos do processo produtivo desde instalações, qualidade do sistema de água, matérias primas, procedimentos de sanitização, entre outros.

Adiciona-se ainda o conhecimento técnico relevante das metodologias de análise, seus princípios e pontos críticos. Fundamental ter-se uma visão sistêmica de todo o processo, para poder conferir confiabilidade nos resultados, opiniões e tomadas de decisão.

Objetivos do curso:

Fornecer subsídios teóricos para profissionais que atuam em laboratórios de controle de qualidade microbiológico.
Apresentar aspectos relevantes em relação à qualidade trabalho do microbiologista no laboratório de controle de qualidade.
Apresentar novas tendências e perspectivas, bem como atualizações das exigências de agências regulatórias.

Público alvo:

Destinado a analistas que atuam ou que tenham interesse em laboratórios de controle de qualidade microbiológico, laboratórios de pesquisa ou de aplicação técnica na área de microbiologia: biólogos, bioquímicos, farmacêuticos, biomédicos ou químicos, técnicos em microbiologia.


Programa:

  1. 1. Introdução à microbiologia (aspectos biológicos, taxonômicos e ambientais de microrganismos de interesse em controle de qualidade)
  2. 2. Fatores de crescimento (temperatura, nutrientes, pH, atividade de água, produtos tóxicos, etc)
  3. 3. Contaminação microbiana em produtos industrializados e na área fabril: fontes, conseqüências. Avaliação de risco microbiológico. Controle do crescimento, limpeza e sanitização. Água para a indústria: sistemas de purificação
  4. 4. Controle da qualidade microbiológica: amostragem, armazenamento e transporte. Testes: princípios dos métodos microbiológicos: métodos quantitativos e qualitativos, métodos dependentes de crescimento e métodos alternativos
  5. 5. Cepas referência e meios de cultura
  6. 6. Métodos de análise microbiológica na indústria farmacêutica
  7. 7. Métodos de análise microbiológica na indústria de cosméticos
  8. 8. Métodos microbiológicos em alimentos (classes de alimentos, tipos de contaminantes, preparo das amostras. Métodos para detecção e identificação de microrganismos específicos)
  9. 9. Validações e verificações; estimativa de incertezas em microbiologia, tratamento a resultados fora de especificação

 

Datas de realização:
16, 18, 20, 21, 23, 25, 27, 28 e 30 de Novembro e 02 de Dezembro

Horários das aulas online:
16/11/2020 - das 19:00 às 21:00
18/11/2020 - das 19:00 às 21:00
20/11/2020 - das 19:00 às 21:00
21/11/2020 - das 14:00 às 16:00
23/11/2020 - das 19:00 às 21:00
25/11/2020 - das 19:00 às 21:00
27/11/2020 - das 19:00 às 21:00
28/11/2020 - das 14:00 às 16:00
30/11/2020 - das 19:00 às 21:00

02/12/2020 - das 19:00 às 21:00

Carga horária: 24 horas

Valor: R$ 1.200,00


Considerações:

Faça sua Especialização na Sociedade Brasileira de Microbiologia.
Esse curso poderá fazer parte da grade do Curso Modular de Especialização em Microbiologia. Veja como: https://sbmicrobiologia.org.br/cursos-modulares

A Sociedade Brasileira de Microbiologia (SBM) frente à pandemia COVID-19 e preocupada em manter suas finalidades que é promover e incentivar a geração, educação e disseminação de conhecimentos em Microbiologia se associou à MM Learning para oferecer cursos online de qualidade.

A SBM reserva o direito de não formar turma caso o número de inscritos aceitos não atinja o número mínimo de 20 (vinte) alunos por módulo.